Chuva Fora do Lugar

Davilym Dourado

Sobrevoo no oco do mundo
Or
A alma do mundo imaginada

“o fluxo que atravessa o mundo e o mantém coeso é chamado de pneuma, sopro ou ar, ou ainda alma. Esse sopro é corporal, ele é quente, é um fogo criador, em ação que gera o que existe. Esse sopro também é chamado “alma” (psyquê) que é capaz de sensação e percebe. Isso se deve ao fato de a alma ser corporal e, enquanto tal, suportar e agir, viver e sobreviver para além da morte. E somos, nós os humanos, uma parte dessa alma, do universo, sopro cálido”.
Anne cauquelin – ‘freqüentar os incorporais’ – editora martins fontes 2008,

Se toda imagem guarda um pensamento,
( … E todo pensamento guarda uma imagem…)
O que não dizer da imagem do pensador?
Num tempo de imagens vazias, de gestos sem nexo, vale ver o que há por dentro da imagem em pensamento, paideia, filosofia da imagem.
Não importa apenas o que sugere a imagem, mas o q ela guarda em seus campos expressivos, em suas vísceras, seus micromundos.
Deleuze foucault barthes benjamin cauquelin cotton sontag guyau santaella pensaram pensam o interior da imagem, mesmo a aparente mais banal e apenas isso é o que pode ser frente ao trabalho potente, como o deste fotopensador dourado, que nos cativa não apenas pelo teor de suas imagens, mas pela imagem interior que alimenta com a leitura sensível dos livros e da vida.
Bernd & hilla becher, rio branco, beuys, thomas struth, fontcuberta e outros tantos visionários da imagem. Davilym se inspira na vida real percebida nos noticiários, nas leituras investigativas sobre filosofia, artes, fenômenos transcedentais para impulsionar sua viagem ao interior do brasil e do planeta, para testemunhar a falta e o excesso do líquido sagrado que o planeta oferece generosamente e do qual cada vez mais carece. Arte solidária, ponto de mutação, imaginação segundo sartre, i ching

PAULO KLEIN
FotoPoeta CritíFotógrafo
Spring 2016

R$60.00

Add to Cart Buy Add to wishlist

Available

Latest Copies

Sold out